A MANSÃO DO CAOS


A vida consiste numa série de catástrofes, pontuadas aqui e ali por um ou outro acidente. Os planos mais bem elaborados caem por terra, basta dar-lhes tempo. Nada se eleva senão para cair de novo. Aquilo a que chamamos o chão sólido debaixo dos nossos pés não é mais do que um conjunto de placas fracturadas, a flutuar sobre magma fundido. Aquilo a que chamamos caminhar não é mais do que o início de uma queda, evitada mesmo à justa. Até que um dia a coisa falha. A natureza mantém as florestas limpas com fogos florestais, melhora as suas criações introduzindo erros no código genético e inventou o conceito de obsolescencia planeada. A humanidade existe entre o anterior meteorito gigante e o próximo. Já estávamos atrasados para a próxima glaciação, mas parece que o aquecimento global se meteu de permeio. Tudo o que podia dar para o torto já deu. O que não pode nunca dar para o torto há-de dar, cedo ou tarde. O Murphy era um optimista.


Benvindos à mansão do caos! Aqui podem encontrar:


Música


Literatura


Programação


Passatempos

Esta página contém um problema de palavras cruzadas, actualizado frequentemente.

 


Ligações

Esta página contém apenas ligações de carácter geral.


Comentários e sugestões relativos a esta página são bem-vindos e devem ser dirigidos a acesteves@clix.pt.


Página modificada em 2000-08-15 - Copyright © 2000 ACE